menu.gif
Voz
Motricidade Oral
Linguagem e Aprendizagem
Câncer de Cabeça e Pescoço
Alterações Neurológicas
Cursos
Desenvolvimento Infantil
Audiçaõ
Comunicação
Estética
Idoso
Fonoaudiologia Escolar
Fonoaudiologia Empresarial
Fonoaudilogia
Links
Conselhos
Localização
Direitos Autorais
Cursos
Supervisão

 



 

DISFAGIA

 

Alguns processos mecânicos prejudicam a deglutição, como falta de saliva, problemas musculares, de coordenação da movimentação de seus movimentos e ineficiência laríngea na proteção das vias aéreas durante a deglutição, pode levar a uma disfagia (dificuldade de deglutição). Causada por processo progressivo ou agudo, afeta crianças, adultos e idosos.

O indivíduo disfágico pode apresentar entre outros sinais e sintomas, engasgos, aspirações com penetração do alimento ou secreções nas vias aéreas inferiores durante a deglutição, alterações vocais, etc.

Pode ser causada por alterações neurológicas como Parkinson, Paralisia Cerebral, Afasias, AVC (Acidente Vascular Cerebral – mais conhecido como derrame), TCE (Trauma Crânio Encefálico), e distrofia muscular, esclerose lateral amiotrófica, além de envelhecimento, Câncer de Cabeça e Pescoço, tumores cerebrais e alguns distúrbios gastroenterológicos, entre outras.

Pode também estar associada a quadros importantes de depressão, ansiedade e uso de alguns medicamentos e Disfonias e problemas emocionais, como ansiedade e depressão.

 

SINAIS E SINTOMAS

 

Dificuldades para deglutir saliva

Sensação de corpo estranho na garganta enquanto engole saliva e/ou durante ou após a alimentação

Tosse ou engasgo ao engolir

Rouquidão

Problemas pulmonares

Febre

Perda de peso

Desnutrição

Coma, Estupor

Queda no estado de saúde geral;

 

TRATAMENTO

 

O tratamento do disfágico é multidisciplinar e envolve vários profissionais, como o Fonoaudiólogo, nutricionista, fisioterapeuta, psicólogo, além de médicos (neurologista, gastroenterologista, otorrinolaringologista, cirurgião, entre outros). Pode ser fonoaudiológico, medicamentoso e/ou cirúrgico.

As propostas de tratamento e reabilitação fonoaudiológica do paciente disfágico visam a obtenção de uma deglutição eficiente, com independência funcional através da orientação, educação e treinamento dos padrões adequados. Tais medidas levam à melhora da qualidade de vida do paciente.

 

Procure sempre seu médico.

 

Para falar e ouvir procure um Fonoaudiólogo

 

LEIA MAIS:

Parkinson

Paralisia Cerebral

Afasia

 

 

Fga. Regina Nicolósi  

Copyright ©2003 Regina Nicolosi

Avenida Jandira, 295 Conjunto 503 – Moema – São Paulo – SP Telefone: (11) 5056-0870