menu.gif
Voz
Motricidade Oral
Linguagem e Aprendizagem
Câncer de Cabeça e Pescoço
Alterações Neurológicas
Cursos
Desenvolvimento Infantil
Audiçaõ
Comunicação
Estética
Idoso
Fonoaudiologia Escolar
Fonoaudiologia Empresarial
Fonoaudilogia
Links
Conselhos
Localização
Direitos Autorais
Cursos
Supervisão

 



 

DISLEXIA

 

A dislexia não é uma doença, é um distúrbio de aprendizagem congênito que interfere de forma significativa na integração dos símbolos lingüísticos e perceptivos. Acomete mais o sexo masculino que o feminino, numa proporção de 3 para 1.

 

Características:

Atraso na aquisição da linguagem (vocabulário pobre, dificuldade na nomeação de objetos);

Dificuldades na alfabetização e aprendizagem de matemática (geometria, cálculo);

Trocas de letras na escrita;

Falta de atenção e memória seqüencial;

Letra e desenhos incoordenados (coordenação motora fina);

Comprometimento da discriminação visual e auditiva.

Problemas emocionais (imaturidade, timidez excessiva, labilidade de humor);

Falta de coordenação motora global (andar, correr e brincar);

Criança muito “desastrada”, “aérea”;

Disgrafias (dificuldade de transcrição escrita da linguagem falada).

 

Para diagnosticar a dislexia, é recomendável que os pais procurem um neurologista e um fonoaudiólogo para uma avaliação. Os profissionais ligados ao tratamento deste distúrbio são: fonoaudiólogos, médicos, pedagogos e psicólogos.

 

Para o tratamento da dislexia o ideal é o educador, fonoaudiólogo, psicólogo e médico, trabalhando em equipe e em contato constante com a escola.

Não há “cura” para a dislexia. O que ocorre é que o disléxico encontra novos caminhos para se adaptar ao meio. Há muitas pessoas que se sobressaíram em suas profissões que são disléxicas. A dislexia e pode e deve ser tratada.

 

A dislexia pode estar associada à disgrafia, à disortografia e à discalculia, em maior ou menor grau.

 

O Fonoaudiólogo trabalha diretamente na prevenção, orientação e tratamento de alterações de linguagem e aprendizagem.

 

*Figura com Exemplo de redação de dislexico

 

 

DISGRAFIA

 

A escrita é uma atividade motora fina ligada ao desenvolvimento percepto-motor, à orientação espacial e principalmente à coordenação visuomotora. A disgrafia é uma dificuldade motora e espacial, caracterizada por distorções nos traçados das letras.

É geralmente encontrada em crianças com DCM (Disfunção Cerebral Mínima) e em quadros neurológicos.

Suas características mais evidentes são má organização da escrita na página, distorções nos traçados da letra, irregular e ilegível.

O tratamento mais indicado é um trabalho voltado ao desenvolvimento da linguagem e da motricidade, estruturação espaço temporal e coordenação óculo-manual.

 

O Fonoaudiólogo trabalha diretamente na prevenção, orientação e tratamento de alterações de linguagem e aprendizagem.

 

LEIA MAIS:

Dislexia

 

 

 

Fga. Regina Nicolósi  

Copyright ©2003 Regina Nicolosi

Avenida Jandira, 295 Conjunto 503 – Moema – São Paulo – SP Telefone: (11) 5056-0870